podofilia

 

De vez em quando, em alguma mídia por aí, em algum rolê, em algum lugar, você já deve ter ouvido falar no fetiche por pés, a podofilia. É até mesmo comum saber que uma ou outra pessoa gosta de beijar, lamber ou acariciar os pés, ou ainda, de ter os pés acariciados. É do jogo, faz parte. Costumo falar que no sexo não há certo ou errado, desde que os envolvidos tenham dicernimento do que fazem e o fazem de vontade própria.

 

Todavia, a podofilia não se limita na admiração aos pés bem tratados, com unhas pintadas e bem cuidados, pois – você ficar pasmado. Ou não – há quem goste de pés sujos, suados e com chulé.

 

Essas pessoas não só podem admirar os pés mal cuidados, como também pode tê-los como objeto de excitação.

 

Não se pode falar em estatísticas, mas os podólatras, em sua maioria, são do sexo masculino. Dentro desse universo, a maioria é heterossexual e curtem pés pequenos e delicados.

 

Há relatos que em redes sociais, onde você descreve se tem ou não algum fetiche, é possível, por exemplo, adquirir sapatos usados.

 

Há até sites especializados, onde os praticantes podem exercer seu fetiche dentro de um rol extenso de opções. Pode-se optar por pés com salto, tênis, com meias sujas, encardidas e/ou furadas.

 

Ainda é certo que os pés não precisam ser envolvidos no ato sexual, o ato de observar e cheirar, por vezes, já é uma forte fonte de tesão.

 

Creio que isso pode estar ligado à alguma auto-punição, sensação de submissão e masoquismo, ainda que de forma mais branda.

 

5Pwvquvp

 

 

Veja mais fetiches